F-15 da Força Aérea de Israel- Foto: Israeli Air Force

Um caça F-15D da Força Aérea Israelense perdeu o canopy a 30000 pés. Os pilotos conseguiram trazer o caça para um pouso de emergência bem sucedido, o incidente aconteceu na semana passada.

De acordo com o Times de Israel, os pilotos “mantiveram a calma” e pousaram em segurança na Base Aérea de Nevatim, em Israel. O F-15 estava em uma missão de treinamento quando o imprevisto aconteceu.

“Estamos sem um velame. Aproximando-se do pouso na base mais próxima. Chamando Nevatim – pouso imediato”: na última quarta-feira, durante uma surtida de treinamento de rotina, um caça “Baz” (F-15). Este é um relato dos pilotos transcrito do áudio entre o controle e os aviadores.

Os pilotos israelenses enfrentaram condições complexas com suas vidas e aeronaves praticamente em risco, tendo estado a uma altitude de 30000 pés e expostos a severo frio de -45°C e turbulência violenta.

O caça de superioridade aérea F-15D possivelmente é sediado no 133º Esquadrão de Treinamento, os “Cavaleiros da Cauda Dupla” da Base Aérea de Tel Nof.

As investigações do incidente ainda são desconhecidas, mas já foram iniciadas as tentativas de concluir o que levou o canopy do caça sair em pleno voo.

Devido ao ocorrido, foi decidido pelo alto comando da força aérea israelense em deixar dos os F-15D em solo até que sejam concluídas as investigações do incidente.

Esse caso faz lembrança a um caso famoso ocorrido também um caça F-15. Neste outro incidente ocorrido em 1983 um F-15D israelense perdeu sua ala direita após uma colisão aérea com um israelense A-4N Skyhawk sobre Hahal Tzin no deserto do Negev. O piloto do caça manteve a calma e conseguiu pousar em segurança o Eagle (como também é conhecido o F-15).

F-15 israelense sem asa direita após uma colisão com um A-4 Skyhawk durante um treinamento em 1983. Foto- Arquivo IDF