Embraer 175

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) programou uma Diretriz de Aeronavegabilidade (AD) para o dia 29 de abril para os motores CF34-8C e CF34-8E da General Electric.

Curiosamente, os motores mencionados equipam os modelos regionais Embraer 170/175 e a família CRJ (-700,-900 e-1000). A diretriz poderá afetar boa parte da frota das companhias aéreas dos Estados Unidos, visto que tanto o Embraer 170/5, quanto o CRJ, são aeronaves bastante utilizadas no país.

Bombardier CRJ

Segundo o portal Simple Flying, a decisão da FAA em lançar a AD veio após relatos de corrosão de motor em pleno voo e o seu desligamento desde o ano passado. Uma hipótese levantada pelo órgão é a de que o longo período e o local de armazenamento das aeronaves por conta da crise da Covid-19, podendo ter contribuído para o problema.

Essa condição, se não tratada, pode resultar em falha de um ou mais motores, perda do controle de impulso do motor e redução do controle do avião”, anunciou a FAA.

Com informações: Simple Flying