Em comemoração ao 146º aniversário do Marechal do Ar Alberto Santos-Dumont, Pai da Aviação e Patrono da Aeronáutica Brasileira, a Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nesta sexta-feira (19/07), a entrega da Medalha Mérito Santos-Dumont, em todo o território nacional e também no exterior. Em Brasília (DF), na Ala 1, a cerimônia foi presidida pelo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, que concedeu a honraria a 136 agraciados. O Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno Ribeiro Pereira, Oficiais-Generais do Alto-Comando da Aeronáutica, demais autoridades militares e civis, familiares e convidados prestigiaram a cerimônia.

A Medalha Mérito Santos-Dumont é uma comenda criada em 1956, durante as comemorações do cinquentenário do voo do 14-Bis. Ela é um reconhecimento aos militares que se destacaram no exercício da profissão; aos cidadãos brasileiros e aos estrangeiros que tenham prestado notáveis serviços ao país; e às organizações e instituições merecedoras da condecoração.

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Bermudez, falou da importância histórica de Santos-Dumont e a relevância dele para a Instituição. “Nesta cerimônia, com entrega de comendas, reverenciamos este brasileiro que deu asas a humanidade ao voar com o mais pesado que o ar, o 14 bis. A este gênio brasileiro, as nossas homenagens, que, ao longo da vida, teve princípios e valores que são fundamentais e que procuramos enaltecê-los na formação de nossos militares, como disciplina, profissionalismo, integridade, comprometimento e patriotismo”, declarou.

A comenda foi entregue a militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro, da Aeronáutica, de Forças Armadas estrangeiras, além de autoridades dos Poderes Legislativo, Judiciário e Executivo, e civis. O Procurador-Geral Vinicius Torquetti Domingos Rocha foi um dos agraciados. “É com muita alegria que eu recebo esta homenagem que leva o nome de um brasileiro tão representativo, tanto no Brasil quanto no exterior”, afirmou.

A também homenageada Teresinha de Jesus Marques Barbosa Maciel enalteceu o Pai da Aviação e Patrono da Aeronáutica Brasileira. “Eu sei da importância da Medalha Mérito Santos-Dumont e ser agraciada com ela é algo de muito orgulho, sobretudo pela importância que Santos-Dumont tem, um homem que marcou a nossa história”, disse.

Para o Major Aviador Fernando Portugal Ráfare Ribeiro, a comenda que leva o nome de Santos-Dumont é motivo de orgulho. “Carregar um distintivo com o nome do Pai da Aviação é algo muito forte, emocionante”, declarou.

O Sargento Washington da Silva Leal disse que recebeu a honraria com muita emoção. “Comemorar o nascimento de Santos-Dumont com esta medalha é um momento ímpar”, contou.

História

Alberto Santos-Dumont nasceu em 20 de julho de 1873, no sítio Cabangu, no Distrito de Palmira, em Barbacena (MG). Em 23 de outubro, o 14-Bis voou, decolando, mantendo-se no ar por uma distância de 60 metros, a três metros de altura e aterrisou. Era o primeiro voo homologado do mais pesado que o ar, para uma multidão de testemunhas eufóricas no campo de Bagatelle, em Paris.

Fonte: FAB

Fotos: Sargento Bruno Batista e Cabo André Feitosa / CECOMSAER

Vídeo: Matheus Silva / CECOMSAER