Embraer KC-390 Ucrânia Operação Antártida
Foto: Embraer/Divulgação

Por meio de uma publicação feita nas redes sociais, a Força Aérea Brasileira (FAB) anunciou o emprego do KC-390 pela primeira vez na Operação Antártida (OPERANTAR).

Para a missão especial e de alto teor complexo, o Esquadrão Gordo (1º/1º GT), baseado no aeroporto do Galeão (GIG), foi o responsável por conduzir a missão no continente gelado com a aeronave FAB 2857 na data de ontem (30/06).

Antes de chegar na Antártida, a aeronave decolou do Galeão rumo ao Aeroporto Internacional João Simões Lopes Neto, em Pelotas, para então realizar uma parada técnica em Punta Arenas (PUQ), no sul do Chile.

Do Chile, a aeronave seguiu para a Antártida via Estreito de Drake, região parte do oceano Antártico conhecida pelas condições meteorológicas mais adversas, requerendo uma maior atenção nas operações aéreas e marítimas.

KC-390 Operação Antártida FAB Força Aérea Brasileira
Foto: Flightradar24/Reprodução

A Operação Antártica (OPERANTAR) serve de apoio para o Programa Antártico brasileiro (PROANTAR), mais especificamente para o abastecimento de suprimentos e também de equipamentos para Base do Brasil na Antártida, a missão contou com o apoio da Marinha do Brasil (MB). 

Antes da estreia do KC-390, a Força Aérea Brasileira empregava o veterano quadrimotor C-130 Hércules, aeronave que será substituída gradualmente pelo bimotor multimissão da Embraer.

**Em breve traremos mais detalhes sobre essa missão