Muitos leitores do site enviam perguntas para nossa equipe questionando sobre a existência do DC-10, e essa aeronave realmente opera na aviação contemporânea.

Porém, a FedEx Express, o braço de aviação da FedEx e uma grande operadora do DC-10, planeja aposentar parte das suas “velhas” aeronaves até maio de 2021.

O presidente da companhia, Fred Smith, declarou que a FedEx deve aposentar 17 aviões DC-10-10F até o maio de 2021, a companhia também chama essas aeronaves de MD-10-10F, devido à modernizações realizadas na mesma plataforma.

No entanto, a FedEx planeja manter os seus aviões MD-10-30F até o final de 2021, enquanto declarou que a retirada do A310 na frota, outro modelo de “antiga geração”, deverá ser realizada até maio de 2021.

DC-10 na época que ainda era equipado com a antiga pintura Federal Express, nome original da FedEx.

A FedEx em 12 aviões MD-10-30F na sua frota, e mais 3 aeronaves A310F.

Os aviões da linha MD-10 e A310 serão diretamente substituídos pelos novos 767F e 777F que a companhia deve receber até 2023.

Em 2023 a frota principal da companhia será composta por aeronaves Boeing 757SF, 767F e 777F, excluindo o MD-11F, MD-10F, A300F e A310F.


A FedEx também tem uma frota voltada para o mercado regional, totalizando quase 600 aviões em operação.