Boeing 737 MAX Flydubai
Foto - Boeing/Divulgação

A Flydubai, companhia aérea de baixo custo dos Emirados Árabes retomou as operações com suas aeronaves Boeing 737 MAX. Ao todo foram reativados 5 aeronaves de uma frota total de 14.

O primeiro voo depois da nova certificação aconteceu na manhã desta quinta-feira(08), quando o 737 MAX de matrícula A6-FMG decolou de Dubai às 6h30(hora local) operando o voo FZ327. Aproximadamente 3 horas e 40 minutos depois, a aeronave pousou no Aeroporto Internacional de Sialkot.

Os outros 4 737 MAX operaram voos para o Irã e Paquistão ao longo do dia. A previsão é de que a cada 10 dias um 737 MAX seja reativado e colocado em operação pela Flydubai, até julho todos os aviões deverão estar em operação.

Os primeiros aviões concluíram todos os testes de sistemas e de voo exigidos pela Autoridade de Aviação Civil Geral dos Emirados Árabes. A restrição de viagem do 737 MAX no país foi retirada no dia 21 de fevereiro desse ano.

“O objetivo principal para todos os envolvidos é devolver com segurança a aeronave ao serviço de passageiros e ficamos satisfeitos em ver nossos passageiros mais uma vez desfrutando do produto excepcional em nossa frota MAX”, disse Hamad Obaidalla, Diretor Comercial da Flydubai.

As medidas exigidas pela Autoridade de Aviação Civil Geral dos Emirados Árabes seguem a mesma linha de outros órgãos em outros países. Atualização do software da aeronave junto com a atualização do Sistema de Manobras-MCAS, treinamento em simuladores específicos para o 737 MAX além de realizar alguns voos de verificação.

Cerca de 233 pilotos já passaram por todo o novo processo de treinamento especifico para o 737 MAX. A Flydubai é a única companhia aérea do país a utilizar o modelo em sua frota, tendo recebido 11 aeronaves das versões -8 e -9. Ao todo a empresa possui uma encomenda para 251 aeronaves.

 

Fonte: Aerotime