A German Airways deve trazer mais três Embraer 190 deste ano como parte de sua transição da frota de aviões.

A companhia aérea surgiu da combinação de empresas regionais Zeitfracht Group, LGW e WDL.

A LGW possui 15 aviões Bombardier Q400, enquanto a WDL possui quatro aviões E190 em serviço. A German Airways afirma que mais três jatos “foram encomendados” para 2020, na verdade esses são aviões usados, provenientes de outras companhias.

A companhia afirma que pretende contratar vários novos pilotos já qualificados para operar jatos regionais da Embraer.

“Nos próximos meses, poderemos oferecer a dezenas de novos colegas no cockpit um trabalho atraente e seguro em uma companhia aérea economicamente muito estável”, diz Dominik Wiehage, diretor de operações da Zeitfracht.

“Isso também inclui benefícios extensivos em acordos coletivos, o que certamente não é uma questão de curso em nosso setor”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA