• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

GOL projeta ano com aumento de 32% nas receitas e frota de 53 737 MAX

GOL Boeing 737 MAX Congonhas

A GOL Linhas Aéreas anunciou nesta quarta-feira (04) suas estimativas preliminares para o ano de 2023, a estimativa reflete receitas de passageiros e programa de fidelidade Smiles, fluxo de caixa, despesas com juros, preço de combustível e taxa de câmbio e plano de frota de 737 NG e MAX além da malha. As informações são apresentadas em Reais (R$), preliminares e não auditadas.

As projeções financeiras destacam as principais métricas que afetam os resultados financeiros. A GOL fornece informações prospectivas com foco nas principais métricas que a Companhia utiliza para medir o desempenho dos negócios. Esses indicadores são úteis para investidores e analistas que projetam os resultados da GOL.

Destaques:

• Para atender a demanda de viagens aéreas domésticas esperada para 2023 de
aproximadamente 100 bilhões de RPKs, a Companhia planeja operar uma média de 120
aeronaves em sua malha durante o ano.

• A GOL espera encerrar 2023 com 53 aeronaves Boeing 737 MAX em sua frota. Os novos e mais eficientes aviões contribuirão para maior produtividade, redução de custos unitários e
menores emissões de carbono.

• Espera-se que a receita da Companhia para 2023 aumente cerca de 32% em relação a 2022. A GOL estima que seus resultados de 2023 incluirão economias de R$450 milhões oriundo da reincorporação da Smiles e R$400 milhões das aeronaves MAX adicionais na frota. Em 2023, a GOL espera gerar aproximadamente R$4,5 bilhões de fluxo de caixa operacional e um fluxo de caixa livre neutro após o capex líquido e o serviço de dívida. A liquidez total e o caixa disponível devem permanecer estáveis em relação ao final de 2022.

Projeções da GOL para o ano de 2023

 

 

Via: GOL Linhas Aéreas

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.