GOL quer aumentar oferta de voos em 100% no 4º trimestre

GOL

A GOL Linhas Aéreas divulgou hoje (04/11) as suas estimativas de tráfego aéreo e retorno das operações para o 4º trimestre de 2020 (4T20) e para o 1º trimestre de 2021 (1T21).

A capacidade planejada para o 4T20 da GOL representa um crescimento de 100% sobre 3T20. Em outubro/20, a companhia operou aproximadamente 376 voos diários (53% do mesmo período de 2019), atingindo picos de 500 voos diários, atendendo 95% do mercado.

Ao final de dezembro/20, a GOL espera restabelecer o mercado doméstico operado do período pré-pandemia, o que representa cerca de 80% da capacidade total de 2019.

A companhia espera terminar o mês de dezembro com uma média de 94 aeronaves operando na malha, representando mais de 75% da frota operacional no mesmo período do ano passado, mantendo a consistência de sua taxa de ocupação de aproximadamente 80% no trimestre.

No 4T20, a Companhia estima operar uma frota média de 92 aeronaves, que representará 78% da frota média operada no mesmo trimestre do ano passado. Espera-se que a receita do trimestre a findar-se em 31 de dezembro de 2020 aumente aproximadamente 130% comparada com o trimestre findo em setembro de 2020.

As despesas totais no 4T20 devem diminuir em cerca de 16%, decorrentes das iniciativas de redução de custos, menores capacidade e consumo de combustível.

A GOL espera encerrar o 4T20 com R$ 2,4 bilhões em liquidez e R$ 13,1 bilhões em dívida
líquida ajustada. Diversas importantes iniciativas são relevantes para assegurar que a GOL
mantenha a liquidez nos patamares esperados no final do 4T20.


Com o objetivo de ajudar investidores e analistas no entendimento de como a GOL está
abordando seu planejamento de curto prazo, a companhia também compartilhou
indicadores para o 1T21:

DEIXE UMA RESPOSTA