Boeing 747-400. Foto - Ingrid Friedl/Lufthansa 060124_747VX_01

Apesar das crescentes restrições de viagem e de entrada de turistas estabelecidas por vários países da América Latina em decorrência da disseminação do COVID-19, o Lufthansa Group manterá operações para São Paulo, o principal centro econômico do Brasil.

A Lufthansa continuará com sua oferta de voos diários entre São Paulo e Frankfurt, enquanto a Swiss International Airlines irá operar a rota São Paulo – Zurique com cinco frequências semanais (partindo de Zurique às terças, quintas, sextas, sábados e domingos e partindo de São Paulo às segundas, quartas, sextas, sábados e domingos).

Em consequência da situação extraordinária causada pela disseminação do Coronavírus, o Lufthansa Group irá suspender temporariamente suas operações do Rio de Janeiro para Frankfurt e para Zurique, bem como suas três frequências semanais entre São Paulo e Munique. Estas alterações na programação de voos de/para o Brasil entrarão em vigor ao longo desta semana.

Tais medidas fazem parte de uma ampla redução global na operação de voos de curta e longa distância das companhias aéreas do Lufthansa Group. Em suma, a oferta de voos de longa distância da empresa será reduzida em até 90 por cento (originalmente, 1.300 frequências semanais eram planejadas para o programa de voos do verão europeu de 2020).

Já os voos intraeuropeus serão reduzidos a cerca de 20% da capacidade original (11.700 frequências semanais de curta distância eram originalmente planejadas para o verão europeu de 2020).

A nova programação de voos das companhias aéreas do Lufthansa Group está inicialmente prevista para vigorar até o dia 12 de Abril de 2020, com exceção dos voos entre Zurique e Rio de Janeiro, que permanecerão suspensos até o início de Julho de 2020.

Via: Lufthansa Group


DEIXE UMA RESPOSTA