Gulfstream
Foto: Sergio Mendes via Jetphotos

Um Gulfstream IV de matrícula HI1050 que tinha como destino o internacional de Orlando (MCO), nos Estados Unidos, caiu 15 minutos após decolar na noite da última quarta-feira (16/12), na República Dominicana.

O jato particular que pertencia ao Helidosa Aviation Group decolou do aeroporto internacional La Isabela (JBQ) por volta das 17h09 (horário local). A aeronave estava com dois tripulantes e sete passageiros a bordo.

Dados do trágico voo no Flightradar24 é possível notar que o Gulfstream IV realizou uma órbita em baixa altitude (entre 800 a 1000 pés) até que a aeronave se dirigiu ao aeroporto de Santo Domingo Las Americas (SDQ), onde acabou caindo nas proximidades.

Gulfstream HelidosaFoto:Flightradar24/Reprodução

Em nota, a Helidosa comunicou que está colaborando com as autoridades locais que investigam o acidente e sente grande tristeza e pesar com o ocorrido, se solidarizando com os parentes das vítimas. Entre as vítimas, estava o produtor musical porto-riquenho Flow La Movie.

Segundo informações do Aviacionline, a Helidosa foi questionada pela Associação Nacional de Pilotos da República Dominicana há apenas 12 dias, segundo o sindicato, foram recebidas denúncias que os pilotos da Helidosa estavam trabalhando em turnos de 12 horas sem cumprirem o descanso obrigatório.

Ainda sobre a denúncia, foi exigida uma investigação para apurar como a empresa está gerenciando o repouso dos seus tripulantes e a manutenção das aeronaves.

Confira a carta na íntegra: 

Com informações: Aviacionline

DEIXE UMA RESPOSTA