A Gulfstream entregou o primeiro G500 para um cliente da Europa, com o operador de fretamento sem nome divulgado recebendo a aeronave de cabine ampla no final de outubro, logo após a emissão da certificação europeia.

Embora a Gulfstream não tenha divulgado a identidade do proprietário, os dados da Cirium Fleets, da FlightGloba, indicam a empresa da Dinamarca Blackbird Air como o destinatário do G500, que recebeu a matrícula OY-WLD.

O G500 vem para substituir o G450, que deriva de uma aeronave da década de 80. Com um projeto totalmente novo, ele conseguirá voar por até 9630 km sem escalas, em regime de velocidade máxima de cruzeiro (Mach 0.90), enquanto em econômico (Mach 0.85) o alcance aumenta para cerca de 9950 km.

A nova variante (G500) é cerca de 60 km/h mais rápida e mesmo assim 18% mais econômica em comparação com o G450.

O G500 conseguirá voar por até 9630 km sem escalas, em regime de velocidade máxima de cruzeiro, enquanto em econômico (Mach 0.85) o alcance aumenta para cerca de 9950 km. Esse avião realizou até mesmo um voo de testes de Londres para Las Vegas, que durou 10h19 no total, puramente para verificar o alcance da aeronave e provar que ela é capaz de ligar qualquer parte dos EUA com a Europa.

Esse pequeno jato executivo vale “suaves” US$ 44,5 milhões a unidade.