Airbus Helicopters/Divulgação.

A EASA (Agência Europeia para a Segurança da Aviação) certificou o Airbus Helicopters H125 repotencializado. Segundo a fabricante, atualização anunciada na Heli-Expo em 2020 traz um aumento de 10% na potência da aeronave, fazendo uso total da potência disponível do motor Arriel 2D. 

O peso máximo de decolagem é o mesmo, mas o helicóptero tem pode carregar mais 140kg de carga externa. A altitude voo pairado com o peso máximo de decolagem aumentou em mais 1500 pés. 

“É nossa ambição melhorar continuamente nossos produtos e trazer mais vantagens competitivas aos nossos clientes”, disse Axel Aloccio, Chefe do Programa de Helicópteros Leves. 

“A potência extra oferecida por esta grande atualização representa um aumento de carga útil de 10% a 20% para uma missão de trabalho aéreo típica em comparação com as capacidades atuais de içamento da aeronave e confirma a superioridade do H125 em termos de carga útil e valor para o dinheiro”.

Esta potência extra será incluída como um recurso padrão, sem custo adicional, em todos os H125 recém-construídos entregues a partir de setembro de 2021. Uma solução de retrofit que consiste em uma atualização de software VEMD, disponível na Thales por meio de um retrofit na loja ou troca padrão, também estará disponível para todos os H125s já em serviço na região EASA até o final de abril de 2021. Certificações internacionais adicionais são esperadas para ser obtidas nos próximos meses.