Foto - Renato Olivas/Helibras

A Helibras, única fabricante brasileira de helicópteros e subsidiária da Airbus Helicopters, nomeou Jean-Luc Alfonsi como seu novo presidente. Alfonsi, experiente executivo da Airbus, assume o comando para consolidar e ampliar a liderança da empresa no mercado brasileiro de helicópteros.

Há mais de 20 anos na Airbus, Alfonsi foi recentemente CEO da Airbus Helicopters na Indonésia e gerenciou o programa do helicóptero militar Tigre, na Austrália. Também contribuiu para a transformação global da Airbus Helicopters por meio da implementação de uma série de melhorias em finanças e operações. O executivo ingressou na equipe da Helibras em 2018 como vice-presidente de Negócios e Serviços.

Ao longo dos últimos 41 anos de operações, a Helibras desenvolveu duas linhas de montagem e um centro de engenharia de ponta em Itajubá. A empresa, que conta com uma equipe de 500 funcionários em todo o Brasil, já entregou mais de 800 helicópteros para operações civis e militares.

“A extensa experiência de Jean-Luc Alfonsi o posiciona para liderar a Helibras rumo ao futuro, com base no sucesso que a empresa brasileira alcançou ao longo das últimas quatro décadas”, afirma Mesrob Karalekian, vice-presidente sênior da Airbus Helicopters na América Latina.

Alfonsi assume o papel mantido por Richard Marelli desde 2015. Marelli, que iniciou sua carreira na Helibras em 2010, liderou vários projetos bem-sucedidos, incluindo o maior programa de transferência de tecnologia da aviação entre Brasil e França para o fornecimento de 50 helicópteros H225M produzidos em território nacional para as Forças Armadas do Brasil.

“Agradecemos pelos anos de dedicação e brilhantismo de Richard Marelli à frente da Helibras e sua grande contribuição para consolidar a empresa como um orgulho para o Brasil e referência na América Latina no fornecimento de helicópteros e serviços relacionados”, afirma Karalekian.

Natural da Provença (França) Alfonsi, 46, possui bacharel em Gestão de Negócios Internacionais pela Marseille-Provence Graduate Business School (KEDGE) e um mestrado em Ciência, Business Intelligence e Gestão de Programas da Sophia-Antipolis Graduate Business School (SKEMA) na França.