• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

IATA: demanda por carga aérea aumenta 8,3% em novembro

IATA demanda GLOBAL Cargo cargas
Foto: Karelj via Wikimedia Commons

A Associação do Transporte Aéreo Internacional (IATA) divulgou os resultados dos mercados globais de transporte aéreo de carga de novembro de 2023, indicando o maior crescimento anual em cerca de dois anos. Isto se deve em parte ao declínio em novembro de 2022 e representa o quarto mês consecutivo de fortalecimento da demanda por carga aérea.

A demanda global por carga aérea, medida em toneladas de carga por quilômetro (CTKs), aumentou 8,3% em relação a novembro de 2022. Nas operações internacionais, o aumento da demanda foi de 8,1%.

A capacidade, medida em toneladas de carga disponível por quilômetro (ACTKs), aumentou 13,7% em relação a novembro de 2022 (+11,6% nas operações internacionais). Essa melhoria permanece relacionada ao aumento da capacidade de carga em voos de passageiros, que continuam em recuperação após a pandemia da COVID-19.
 

Em comparação com novembro de 2019 (pré-COVID-19), a demanda caiu 2,5% enquanto a capacidade aumentou 4,1%.
 

Vários fatores devem ser destacados:

  • Os índices PMI de manufatura e novos pedidos de exportação – dois indicadores importantes da demanda global por carga aérea – continuaram ligeiramente abaixo da marca de 50 em novembro, com pequenas alterações positivas indicando menor desaceleração econômica.
  • O comércio internacional global registou crescimento pelo terceiro mês consecutivo em outubro, revertendo a tendência de queda registrada anteriormente.
  • A inflação nas principais economias avançadas continuou diminuindo em novembro, de acordo com o Índice de Preços no Consumidor (IPC), ficando em cerca de 3% em relação ao mesmo período do ano passado nos Estados Unidos, Japão e UE em novembro. Entretanto, a China apresentou crescimento anual negativo no IPC pela segunda vez consecutiva.
  • Os yields de carga aérea (incluindo sobretaxas) continuaram em tendência ascendente significativa (+8,9% desde outubro). Este aumento está relacionado à melhoria da taxa de ocupação de carga aérea nos últimos meses. Isto pode estar ligado, em parte, ao aumento das entregas de comércio eletrônico da China para os mercados ocidentais.

“A demanda por carga aérea aumentou 8,3% em novembro em relação a 2022 – o maior crescimento anual em quase dois anos. Isto representa o dobro do aumento de 3,8% registado em outubro e o quarto mês de desenvolvimento positivo do mercado. Parece que será um final de ano encorajador para a carga aérea, apesar das preocupações econômicas importantes presentes ao longo de 2023 e que continuam no horizonte”, disse Willie Walsh, diretor geral da IATA

 Mercados globais de transporte aéreo de carga – Novembro de 2023

 

Desempenho por região em novembro de 2023

 

IATA

As companhias aéreas da região Ásia-Pacífico relataram aumento de 13,8% nos volumes de carga aérea em novembro de 2023 em comparação com o mesmo mês de 2022. Este desempenho ficou significativamente acima do crescimento de 7,6% do mês anterior. A capacidade disponível das companhias aéreas da região aumentou 29,6% em comparação com novembro de 2022, devido ao aumento de capacidade nos voos de passageiros que voltaram a operar com a suspensão das restrições relacionadas à COVID-19.

As transportadoras da América do Norte apresentaram o crescimento de demanda mais fraco em novembro, , com aumento de 1,8% nos volumes de carga em relação ao mesmo período do ano anterior. Porém, esse resultado representa uma melhoria significativa em relação à queda de 1,8% registrada em outubro. A capacidade aumentou 4,0% em relação a novembro de 2022.

As transportadoras da Europa apresentaram aumento de 6,7% nos volumes de carga aérea em novembro em relação ao mesmo mês de 2022, representando melhoria em relação ao resultado de outubro (1,0%). A capacidade aumentou 6,5% em novembro de 2023 em comparação com 2022.

As transportadoras do Oriente Médio apresentaram o melhor desempenho em novembro de 2023, com aumento de 13,5% nos volumes de carga em relação ao mesmo período do ano anterior. Este resultado foi semelhante à melhoria significativa registrada no mês anterior (+13,0%). A capacidade aumentou 15,4% em relação a novembro de 2022.

As transportadoras da América Latina apresentaram aumento de 4,2% nos volumes de carga em novembro de 2023 versus novembro de 2022, resultado muito semelhante ao aumento de 4,0% registrado em outubro. A capacidade aumentou 7,7% em novembro em comparação com o mesmo mês de 2022.

As companhias aéreas da África apresentaram aumento de 3,9% nos volumes de carga em novembro de 2023, resultado um pouco acima da taxa de crescimento registrada em outubro (+2,9%). A capacidade ficou 14,0% acima dos níveis de novembro de 2022.
 

Análise dos mercados de transporte aéreo de carga de novembro de 2023

 

 

Leia também: 

 

Via: IATA

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.