Iberia Airbus A350 destinos Américas América do Sul Galeão Rio de Janeiro
Foto: Iberia

Após ajustes no seu programa de inverno 2022-2023, que começa em 30 de outubro e vai até 25 de março do próximo ano, a Iberia anunciou o retorno dos voos para o Rio de Janeiro/Galeão e Caracas, na Venezuela.

Com isso, os dois destinos na América do Sul ainda pendentes após a pandemia receberão a partir de novembro, três frequências semanais em cada uma das rotas.

Confira os detalhes:

Para os voos no Galeão (IB6025), a companhia irá operar nas terças, quintas e domingos, com a decolagem de Madri programada para ocorrer por volta das 12:05 (horário local), com pouso no Rio às 18:55.

No trajeto oposto (IB6024), a decolagem do Galeão está marcada para acontecer às 20:20, com chegada no dia seguinte em Madrid às 10:30 (horário local).

Nos voos para Caracas, o voo IB6673 será operado às terças, sextas e domingos com decolagem de Madri às 11:55 (horário local), chegando na Venezuela às 16:20 (horário local). No retorno para a Espanha, o voo decolará de Caracas às 18:20, pousando no dia seguinte em Madri às 08:00.

A Iberia está fazendo ajustes toda a sua rede de voos e destinos, e neste inverno programou a mesma capacidade que ofereceu antes da pandemia graças, sobretudo, ao relançamento de suas últimas rotas na América Latina, ampliando também o seu compromisso com os EUA e a maior implantação de voos em sua rede de curto e longo alcance.

Os outros crescimentos mais relevantes neste mercado serão: Havana, que vai de três a cinco frequências semanais, a rota Guatemala-El Salvador, de cinco a sete frequências semanais, e em Quito estão consolidados seis voos semanais aos quais outros três são adicionados com Guayaquil.

O México continua sendo o mercado com a maior oferta, com Bogotá e Buenos Aires, onde a Iberia consolidará os dois voos diários nesta temporada de inverno. Em Santiago do Chile, Lima e São Paulo é mantido com um voo diário, assim como San José de Costa Rica, que também vai de seis a sete frequências semanais. Montevidéu e Panamá terão seis voos semanais e Porto Rico com quatro operações durante todo o inverno.

Dallas também no inverno

Nos EUA, a principal novidade é a extensão da operação com Dallas que, inicialmente, a Iberia lançou para operar neste verão e até 29 de outubro.

Além disso, a Iberia cresce em vários destinos dos EUA em comparação com o inverno passado, quando as restrições às viagens da Europa não foram levantadas até novembro passado. Em Miami passará de 10 para 14 frequências semanais – dois voos diários – e em Nova York, de 10 a 13 frequências semanais que já chegarão a 14 em março.

Com informações: Iberia