Indra implanta novo sistema de tráfego aéreo na Coreia do Sul

Mock Up do caça coreano KF-X- Foto: Via internet

A Indra, empresa global de consultoria e tecnologia, venceu a licitação para desenvolver sistemas de vigilância e gestão de tráfego aéreo na Coreia. Os sistemas, que serão entregues ao longo de quatro anos, ajudarão a gerenciar de forma segura as movimentações das aeronaves e reforçarão a eficácia da Força Aérea local em suas missões.

Com o projeto, os controladores militares devem obter mais precisão na identificação e conhecimento da posição de cada aeronave, além de serem capazes de fornecer instruções mais apuradas aos pilotos nas manobras de aproximação, pouso e decolagem.

Isso será possível a partir de radares de banda S primários, equipados com múltiplos modos de operação. Os dados coletados por esses equipamentos (em conjunto com outros radares instalados no local) serão exibidos em sistemas de gerenciamento de tráfego aéreo a serem implantados na torre da Força Aérea em cada base. Vale lembrar que a Indra trabalhará nesse projeto em conjunto com empresas coreanas, a fim de garantir carga de trabalho para a indústria local.

O contrato consolida a posição da empresa no país asiático, depois que em 2018 completou a modernização dos sistemas que, atualmente, gerenciam e monitoram o tráfego aéreo em Seul. Alguns anos antes, a empresa já havia implantado seus radares no aeroporto da ilha de Jejú para reforçar a segurança de algumas das rotas mais movimentadas do país e do mundo.

Fonte: Indra

DEIXE UMA RESPOSTA