Foto Divulgação: Aeroporto de Sorriso

A Infraero entrega nesta sexta-feira (08/11) o projeto de revitalização, recuperação e sinalização horizontal da pista de pousos e decolagens, pátio de aeronaves e taxiway do Aeroporto de Sorriso/Adolino Bedin, em Mato Grosso (MT). O projeto faz parte do contrato firmado, em junho deste ano, entre a empresa e a Prefeitura da cidade.

O investimento previsto é de cerca de R$ 8 milhões e o prazo de 290 dias. Os serviços são necessários para que o aeroporto possa receber aeronaves maiores, como Embraer 190, 195 e similares. O projeto também sugere que as obras devem ocorrer de segunda a sábado, no período diurno, sem comprometer as operações do terminal. Após o recebimento do projeto, a Prefeitura de Sorriso deverá abrir licitação para contratação da empresa que realizará os serviços.

O superintendente de Engenharia da Infraero, Giuliano Capucho, explica que as soluções de projeto adotadas “atendem aos requisitos do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil e ampliam a segurança das operações aéreas e a vida útil do pavimento em até 20 anos, permitindo operações de aeronave com maior peso”.

 

O projeto de revitalização estabelece cinco etapas:

  • campanha de remendos profundos, quando haverá a demolição pontual de pavimentos; execução da base; pavimentação em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ); e selagem de trincas.
  • reforço da faixa central, que prevê a execução de camada antirreflexão de trincas nos nove metros centrais pista; fresagem; pintura de ligação; e execução de CBUQ.
  • recapeamento dos pavimentos flexíveis, quando serão realizadas fresagem para correção de nivelamento na pista; pintura de ligação; e implantação de revestimento asfáltico CBUQ com espessura mínima de cinco centímetros.
  • implantação de pavimento rígido no pátio de aeronaves;
  • realização da sinalização horizontal.

Somente em 2018, a Infraero firmou mais de 80 contratos com 14 aeroportos não administrados pela empresa. Para conhecer em detalhes todos os produtos e serviços oferecidos pela Infraero, acesse www.infraero.gov.br/negocios.