Investidor dos EUA faz proposta por participação na Alitalia

Faz anos que a Alitalia enfrenta uma grande crise econômica, com poucos períodos de lucro, a na maioria dos casos, queimando dinheiro para continuar operando voos.

Mas a atual situação de crise só piorou a situação, e a Alitalia pode ser reestatizada nos próximos 60 dias. No entanto, uma empresa norte-americana demonstrou interesse na companhia italiana, e pode resgatar a Alitalia.

A USAerospace Partners quer investir US$ 1,5 bilhão na Alitalia, porém as negociações ainda estão ocorrendo com os ministros Roberto Gualtieri (Economia e Finanças), Stefano Patuanelli (Desenvolvimento Econômico) e Paola De Micheli (Infraestrutura).

O dinheiro da USAerospace Partners, no entanto, deverá vir através de financiamento, sem contar com um aporte governamental ou de ONGs.

“A presidente da USAerospace, Michele Roosevelt Edwards, se declarou pronta a conversar com o governo e o Parlamento sobre quais podem ser as fórmulas de governança societária para garantir uma recuperação real e duradoura da companhia, mantendo o desenvolvimento na Itália”, diz um comunicado da empresa americana.

A USAerospace diz que, apesar do investimento norte-americano, espera contar com bons profissionais italianos para reerguer a companhia aérea. Há até mesmo uma hipótese para a Alitalia ter um investidor privado italiano, de acordo com a empresa dos EUA.

A Alitalia tem atualmente mais de 11 mil funcionários empregados, e uma frota de 91 aeronaves.


 

DEIXE UMA RESPOSTA