Os caças de quinta geração Chegndu J-20 da China podem receber novos motores com empuxo vetorado (TVC) 2D nos próximos dois anos, segundo afirmações da mídia chinesa. É previsto que o motor WS-15, projetado especialmente para o caça stealth, fique pronto até 2023, já equipado com bocais móveis. 

Em entrevista à Phoenix Television de Hong Kong, Li Gang, o piloto que fez o primeiro voo do J-20, apontou que o WS-15 vai maximizar as capacidades do caça que atualmente usa os motores WS-10, e vem recebendo versões mais novas do mesmo. 

Em 2018, a China apresentou em voo um J-10B com um motor WS-10C com empuxo vetorado – ou empuxo vetorial como também é chamado -, o que demonstra que o país já domina a fabricação desse tipo de equipamento. 

O TVC (Thrust Vectoring) atua direcionando os gases do motor de acordo com os comandos do piloto, aumentando muito a manobrabilidade do avião. Em um caça grande e pesado como o J-20 o TVC faz muita diferença. 

É esperado que os motores WS-15 sejam equipados com bocais 2D retangulares, movendo-se apenas no eixo vertical, como é o caso dos Pratt & Whitney F119 usados pelo Lockheed Martin F-22 Raptor, principal adversário do caça chinês.

Fu Qianshao, um especialista militar chinês, diz que, ao contrário da crença popular, 2D e 3D não tem relação com a direção para onde os bocais apontam. Ele afirma que bocais 2D poderiam sim mover-se para os lados, direcionando o empuxo nos eixos verticais e horizontais, mas que isso demandaria mais recursos para desenvolvimento.

Bocais atuais dos motores WS-10 do J-20. Foto CCTV.

Na reportagem da Phoenix TV, Li também disse que espera que o TVC do J-20 se mova apenas verticalmente como o F-22, mas Fu disse que espera que os futuros bocais sejam capazes de se mover horizontalmente, o que tornaria caça chinês superior ao seu homólogo americano neste aspecto.

Atualmente, caças como o F-22, Su-30MKI/MKM/MKA/SM e Su-35S possuem motores com empuxo vetorado. A tecnologia já foi experimentada em versões de testes do F-15, F-16, F/A-18, Su-27, dentre outros. 

F/A-18 HARV (High Alpha Research Vehicle) da NASA testando defletores de empuxo. Foto: NASA.
Bocais de empuxo vertical e horizontal do F-15 ACTIVE. Foto: NASA.

Via South China Morning Post, Global Times