• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

JetBlue anuncia voos entre os Estados Unidos e Europa, com o A321neo

A JetBlue confirmou hoje (10/04) que encomendou 13 aviões Airbus A321LR, para realizar voos entre os Estados Unidos e o continente europeu, assim como antecipado pelo Portal Aeroflap em março.

As primeiras ligações serão entre Nova York e Boston, até Londres, com início previsto para meados de 2021. Este é o primeiro serviço transatlântico oferecido pela companhia aérea.

A companhia está em meio a negociações com “múltiplos” operadores de aeroportos em Londres, e não confirmou nem o destino final e as frequências de voos.

Airbus A321neo de Longo Alcance (LR) em testes.

A companhia ressaltou que vai equipar os seus A321LR com duas classes, sendo 16 assentos na “business”, chamada pela companhia de Mint. Quatro desses assentos serão do tipo mini-suite, possibilitando maior privacidade ao passageiro.

Todos os aviões A321LR serão equipados com o interior “Space Flex” da Airbus e configuração de portas ACF, que fornece capacidade para até 240 assentos em classe única, cerca de 20 a mais em comparação com o A321neo comum.

Classe Mint da JetBlue.

A JetBlue ressaltou que planeja trabalhar com uma tarifa bastante competitiva no modelo Business, de forma a tomar mercado dos concorrentes na mesma rota.

“O sucesso que a Mint teve em reduzir as passagens aéreas exorbitantes que os nossos concorrentes estavam cobrando, estimulando a nova demanda e forçando as operadoras entrincheiradas a subir no seu jogo, é uma grande razão pela qual acreditamos que Londres é o próximo mercado natural para a JetBlue ter sucesso e ter um impacto positivo nos consumidores”, disse Geraghty.

A companhia já estava estudando desde 2017 estratégias para expandir as suas operações com voos transatlânticos, avaliando o mercado e as aeronaves que poderiam realizar esses voos.

Em 2018, após realizar uma conversão de encomendas, trocando o A320neo por uma combinação do A220-300 com o A321neo, a empresa disse que iniciaria estudos para saber se o A321neo LR era rentável.

No total a companhia tem encomendas para 13 aviões A321neoLR e 72 do modelo A321neo. A companhia optou por operar uma frota de aeronaves A220-300 e A321neo no futuro.

 

Modificações de um A321neo para um A321neo LR

  1. Grande mudança na parte inferior, perto dos porões de carga, para acomodar os três tanques extras e os novos sistemas de gerenciamento de combustível e transferência de cargas. Anteriormente o A321 podia receber somente dois tanques extras.
  2. Reforços na parte inferior da fuselagem, por causa dos tanques extras.
  3. Dentro desse contexto, a aprovação da “Airbus Cabin Flex” (ACF), que teve sua estrutura superior modificada. Essa versão já tinha recebido a certificação, mas nunca com tanques extras.
  4. MTOW (Peso Máximo de Decolagem) de 97 toneladas, para adequar ao peso adicional de combustível a bordo.

Apesar disso, o cliente deverá escolher antes da fabricação da aeronave, ou no ato da encomenda, se desejam uma versão LR ou Normal, por causa das alterações envolvidas, um A321neo LR pode ter o seu desempenho diferente de outro A321neo sem os tanques extras.

O A321neo LR proporciona um alcance de até 7400 km, se utilizado com até 206 passageiros a bordo.

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.

 


Engenharia Aerospacial - Editor de foto e vídeo - Fotógrafo - Aeroflap