Imagem. KAI.

A Korea Aerospace Industries (KAI), fabricante sul-coreana, trabalha para dar ao seu Helicóptero Armado Leve (LAH) a capacidade de controlar drones. 

A Administração do Programa de Aquisição de Defesa (DAPA) afirma que a KAI quer fornecer o helicóptero baseado no Airbus Helicopters H155 com capacidade de equipes de plataformas tripuladas e não-tripuladas (MUM/T). 

O helicóptero, cujo desenvolvimento deve ser completado no ano que vem, já pode receber dados de drones através de uma estação de controle em solo. 

O sistema MUM/T permitiria que o LAH controlasse uma série de drones desenvolvidos na própria Coreia do Sul, afirma a Janes citando a Yonhap News Agency. 

Segundo a Yonhap, Lee Bo-hyung, oficial do DAPA, afirmou que testes com o MUM/T deverão ser realizados nos próximos dois anos como parte de uma primeira fase de testes. 

Em uma segunda etapa, que possivelmente seria concluída em cinco anos, a KAI equiparia o helicóptero com um drone lançado por “vasilha”, provavelmente a partir da própria aeronave.

KAI LAH disparando um míssil anti-tanque. Foto KAI.

O LAH está sendo desenvolvido para o Exército da República Sul-Coreana, a fim de substituir seus helicópteros AH-1F Cobra e MD-500 Defender/TOW Defender. 

Se comparado com o H155 original, o LAH apresenta melhorias no cockpit, fuselagem, gearbox e pás do rotor. O helicóptero conta com um canhão de 20mm rotativo montado na parte frontal, pode ser armado com foguetes e mísseis anti-tanque e carregar até 10 soldados.