Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Boeing 777 KLM
Foto - KLM

A companhia holandesa KLM, começou a receber seus últimos Boeings 777-300ER até o final desta semana. A entrega dessas aeronaves haviam sido adiadas devido a crise na aviação em 2020.

O primeiro deles possui a matrícula PH-BVV e recebeu o nome de batismo de “Cocos Island National Park”. A aeronave foi entregue ontem(24), realizando o voo KLM9876, decolou de Everett nos EUA às 15h01(hora local) e pousando em Amsterdã por volta das 8h01(hora local). O novo Boeing 777-300ER da KLM realizou o voo de entrega com duração de 8 horas e 50 minutos.

O segundo a chegar é o PH-BVW, o último voo feito pela aeronave foi no dia 18 de março. Ao todo a KLM terá 16 Boeings 777-300ER, juntamente com 15 Boeings 777-200ER além dos 18 Boeings 787. Os aviões da KLM seguem um padrão da empresa de batiza-los com nomes de patrimônios pelo mundo e também com nome de reservas ecológicas. 

Agora essas aeronaves serão as principais para os voos de longo curso da KLM, desde a saída do Boeing 747. A tendência é de que a frota de longo curso seja composta apenas por aeronaves Boeing, a KLM pretende aposentar seus Airbus A330 nos próximos anos.

Além dos novos 777s, a KLM também espera receber mais 787-10 ao longo do ano. O Dreamliner tem sido uma grande aposta da companhia holandesa, pois a aeronave tem baixo custo de operação e com capacidade adequada ao tipo de rota que a empresa escala a aeronave.

A companhia aérea planeja fazer uma reformulação na cabine de seus 777s, em 2022 a empresa passará a incluir a Econômica Premium. Os 777-300ER da KLM possuem capacidade para 408 passageiros em 3 classes de serviço.