A LATAM, British e Iberia tiveram um novo acordo aprovado com restrições pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). O acordo visa os voos entre a América do Sul e Europa e se concentram na distribuição de slots, que são basicamente espaços para realizar operações no aeroporto, como um voo de uma cidade até outra.

O Cade restringiu operações de voos entre São Paulo e Londres, um mercado bastante concorrido entre o Brasil e a Europa, o Conselho ainda definiu que as três empresas deverão manter a mesma oferta de 2016 por sete anos, sem acrescentar novos voos ou adicionar assentos nesse trecho, caso nenhuma companhia crie voos entre São Paulo e Londres.

O Cade ainda exigiu a criação, através da LATAM, de dois voos para a Europa sem partir do eixo São Paulo – Rio de Janeiro. O acordo entre as três companhias foi realizado para aumentar a cooperação e codeshare, além de ampliar a oferta para os passageiros, o acordo ainda toca temas como oferta de assentos, preço de passagens aéreas e até mesmo o compartilhamento de receitas para os voos para a Europa.