A LATAM deixará de fazer alguns voos no mercado doméstico, de acordo com um comunicado da companhia aérea.

As ligações entre Rio de Janeiro e São Luís, no Maranhão, serão canceladas a partir do dia 1º de fevereiro.

A companhia também vai cancelar a partir do dia 31 de março voos de São Paulo (Congonhas) para Recife, deixando somente os voos que partem de Guarulhos. 

Os voos diretos entre Brasília e Ilhéus também foram suspensos pela companhia no início deste mês, que preferiu fazer o voo a partir do Aeroporto de Guarulhos.

A LATAM também vai suspender voos entre Belo Horizonte e Recife a partir do dia 1º de maio de 2019, a companhia vai disponibilizar aos clientes outros voos partindo de Brasília, Guarulhos e Fortaleza.

De acordo com a companhia, essa é uma estratégia para focar nos voos mais rentáveis, e também passar a operar com dois hubs fortes, Brasília e São Paulo (Guarulhos). A companhia busca uma maior taxa de ocupação em suas rotas, e maior retorno financeiro pelos voos.

Em compensação a companhia vai aumentar voos nas rotas entre Manaus e Guarulhos, Florianópolis e Brasília, Campo Grande e Brasília, Curitiba e Congonhas, Vitória (ES) e Congonhas, e entre Santos Dumont e Guarulhos.

A companhia também criou outras duas novas rotas na malha, entre Rio Branco e Guarulhos e entre Ilhéus e Guarulhos, como citado anteriormente.

Por outro lado na parte internacional a LATAM Brasil continua com novidades para 2019, com novos voos partindo de Guarulhos.

Em nota a LATAM disse:

A Latam Airlines Brasil informa que estão suspensas as operações das seis frequências semanais da rota Belo Horizonte/Confins-Recife a partir de 1º de maio de 2019. Os passageiros afetados pelas suspensões também estão sendo informados para que possam reprogramar os seus itinerários.

A Latam reforça que segue atenta às necessidades dos clientes para iniciar, ampliar ou adequar as suas operações, e os voos são constantemente avaliados conforme a demanda de cada região. Recife e região continuam contando com acesso direto à capital mineira por meio do voo Recife-São Paulo/Guarulhos.

Qualquer alteração que venha a ser confirmada em sua malha aérea é comunicada antecipadamente pela companhia.