LATAM Airlines Brasil Avião Solidário Covid-19
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

A LATAM vai operar até 62% da sua capacidade doméstica no Brasil em junho de 2021. A projeção é medida em ASK (assento por quilômetro disponível) e comparada com junho de 2019, antes da pandemia. Além disso, é superior à capacidade doméstica operada pela companhia no País em maio deste ano, de 49,8%.

O crescimento reforça o otimismo da LATAM com a retomada do setor mediante o avanço no processo de vacinação e consequente aumento da demanda de passageiros.

No Brasil, a LATAM seguirá atendendo em junho 44 destinos domésticos e alcançará uma média de 310 voos diários de passageiros (foram 250 voos diários em maio de 2021).

Do Brasil para o exterior, a companhia retomará 15% da sua capacidade (medida em ASK), atendendo 11 destinos internacionais: Santiago, Madri, Frankfurt, Lisboa, Assunção, Montevidéu, Cidade do México, Miami, Nova York, Buenos Aires e Cancún (inaugurado em 4 de junho).

Todas as estimativas estão sujeitas à evolução da pandemia, bem como às restrições de viagens estabelecidas pelos países. Para mais detalhes dos voos no Brasil em junho de 2021 acesse: https://www.latam.com/pt_br/experiencia/coronavirus/programacao_de_voos_br/.

Em maio de 2021, em comparação com maio de 2019, a operação de passageiros da LATAM Airlines Brasil alcançou 51,2% de RPK (passageiro por quilômetro transportado) e 49,8% de ASK (assento por quilômetro oferecido), resultando em um aumento de 2,3 pontos percentuais na taxa de ocupação, que ficou em 81,7%.

 

Operação do Grupo LATAM

Somadas todas as suas filiais, o Grupo LATAM prevê operar até 36% da sua capacidade total (em ASK) no mês de junho de 2021, em comparação com junho de 2019. O volume também é superior à capacidade operada por todo o Grupo em maio deste ano, de 30,8%.

Em junho de 2021, o Grupo LATAM vai operar 691 voos diários de passageiros (domésticos e internacionais) para 114 destinos em 14 países. Na divisão de cargas, a companhia prevê 1 mil voos em aeronaves cargueiras, o que representa 20% a mais do que no mesmo mês de 2019.

Em maio de 2021, em comparação com maio de 2019, a operação de passageiros do Grupo LATAM Airlines alcançou 25,6% de RPK (passageiro por quilômetro transportado) e 30,8% de ASK (assento por quilômetro oferecido), resultando em uma diminuição de 14,1 pontos percentuais na taxa de ocupação, que ficou em 69,6%. Nas operações de cargas, a taxa de ocupação foi de 69,8%, o que representa 13,4 pontos percentuais acima do registrado em maio de 2019.