LATAM Pass Travel
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

A LATAM Brasil enviou um e-mail aos clientes anunciando uma nova mudança na emissão de passagens aéreas. Desta vez, a companhia tornará as passagens emitidas a partir do dia 12 de julho menos flexíveis para a remarcação.

Neste caso, os clientes da companhia que comprarem passagens após 12 de julho precisarão pagar multa em caso de remarcação da sua passagem aérea posteriormente, independente da data da viagem.

Se você comprou sua passagem entre 1º de agosto de 2020 e 11 de julho de 2021, e realizar a remarcação depois desse período, apenas a primeira alteração será isenta de multa. Qualquer alteração posterior dependerá das condições da última tarifa adquirida. Considere que, por disponibilidade, também poderia ter que pagar uma diferença de tarifa.

Se o seu voo acontecerá até o dia 31 de dezembro de 2021, a companhia ainda é obrigada a reembolsar integralmente a passagem aérea em caso de desistência do cliente. Da mesma forma, o reembolso ou alteração gratuita é válida para voos cancelados, remarcados ou atrasados.

No entanto, o pagamento do reembolso ao cliente pode ocorrer também até o final deste ano por parte da companhia, de acordo com a lei que regulamenta as alterações.

Veja mais sobre cancelamentos e alterações na LATAM Brasil Clicando Aqui.

 

DEIXE UMA RESPOSTA