Lendário bombardeiro F-117 Nighthawk é visto em voo no deserto Vale da Morte

Esta semana, especificamente nos dias 26 e 27 de fevereiro, foi marcada por voos rasantes do lendário F-117 Nighthawk, no Vale Panamint, localizado no Parque Nacional do Vale da Morte.

O que torna curioso é que o bombardeiro estratégico foi aposentado oficialmente há 11 anos pela USAF.

Porém, mesmo depois desta confirmação o F-117 foi visto algumas vezes em voos rasantes, há registros deste tipo em 2014, posteriormente a Força Aérea dos EUA admitiu que o Black Jet foi mantido em um armazenamento “Tipo 1000” na Tonopah Test Range (TTR), o que significa a possibilidade da aeronave voltar ao serviço, de alguma forma, os EUA consideraram o F-117 útil em um cenário atual, tanto que continuaram a voar alguns dos jatos de vez em quando.

O Nighthawk também foi visto foi em 2016 e em 2017. Neste último ano (2018) a Força Aérea dos EUA anunciou a decisão de aposentar a frota permanentemente, de uma vez por todas. Mas pelo que foi visto isso não aconteceu, e nesta semana ocorreram voos do F-117, que se destaca por ser uma das pioneiras do mundo Stealth da USAF.

 

Nota do editor

Com tantas aparições desde 2008, e com declarações da USAF sobre realmente aposentar, por qual motivo ainda continuam voando?

Vale ressaltar que o F-117 foi uma avião muito importante para o desenvolvimento do F-22 Raptor, durante um bom tempo o caça mais avançado dos EUA, com certeza muito do F-117 foi estudado para que se projetasse o Raptor.

Creio que o Nightawk esteja sendo usado para testes, obviamente, mas também para projetos futuros a partir da sua tecnologia atualizada. Isso é algo que dificilmente irá ser confirmado claramente, mas é interessante o fato dele continuar voando após quase 40 anos do primeiro voo.