Além da Cápsula Orion, que é fabricada pela Lockheed Martin e está cotada para os voos à Marte e Lua, a fabricante parece estar interessada em mandar outra carga junto com a cápsula, um módulo lunar, assim como nas missões Apollo.

Para isso a empresa lançou uma análise de mercado, e também que organizações domésticas e internacionais forneçam idéias de cargas comerciais que voariam em uma das próximas missões de Orion para a Lua. Uma proposta de módulo lunar também foi apresentada.

As cargas úteis podem ser para ciência, STEM, arte e entretenimento, dados ou qualquer outro empreendimento comercial. As cargas podem ser transportadas na cabine da tripulação interna ou montadas no exterior e podem ser estáticas ou implantáveis.

 

O módulo lunar

O módulo lunar proposto pela Lockheed Martin é capaz de manter quatro tripulantes por duas semanas no solo lunar, em exploração. Ele pode levar até 2000 libras de carga.

Esse módulo tem a capacidade de acoplar com uma possível Estação Espacial Lunar. A verdadeira intenção é essa, pois a cápsula Orion pode se acoplar com uma possível Estação Lunar, e a partir desse ponto os astronautas utilizariam o módulo lunar para explorar o solo do satélite natural.

Assim é possível reutilizar o módulo em várias missões, antes de descartar toda a estrutura. O custo de cada missão também pode ser reduzido, com esse tipo de projeto.

Embora a NASA esteja ciente da avaliação de mercado, realizada pela Lockheed Martin e com finalidade de viabilizar missões para Marte com treinamentos prévios na Lua, não há acordo ou compromisso atual com a NASA sobre como isso seria implementado.

 

Crewed Lunar Lander Concept from Lockheed Martin Space on Vimeo.

DEIXE UMA RESPOSTA