ITA Airways
Foto: ITA Ariways

No último dia 05 de julho a MSC e a Lufthansa colocaram uma nova proposta de comprar da ITA Airways, que foi apresentada ao Ministério da Economia da Itália, de acordo com fontes do Corriere della Sera.

De acordo com as fontes, as duas empresas ainda pretendem adquirir 80% do capital, mas por um valor de até 800 milhões de euros, ante a indicação de 1 bilhão de euros da proposta apresentada anteriormente. Isso representa um corte de 20%.

A Lufthansa e a MSC diminuíram sua proposta poucas horas antes do prazo final para enviar a proposta de compra da aérea estatal. As duas empresas avaliam, de acordo com as fontes, que o mercado de aviação está em uma situação complicada, enfrentando dólar e petróleo valorizados, com custos mais altos.

Possivelmente a maior adversária da aérea alemã será a combinação a Air-France-KLM e Delta, que estava preparando uma oferta em parceria com o investidor norte-americano Certares. As propostas serão avaliadas nos próximos dias pelo Ministério da Economia da Itália, e caberá ao primeiro-ministro Draghi tomar a decisão final.

De acordo com a mídia italiana, especula-se que a ITA Airways tenha valor de mercado avaliado entre 1 bilhão e 2 bilhões de euros, com a previsão de concluir a venda no final de junho.

A ITA Airways enquanto isso expande as suas operações, recebendo novos e caros Airbus A350-900 na sua frota, enquanto estreia voos para São Paulo e Buenos Aires (Argentina), por exemplo.