O CEO da Lufthansa, Carsten Spohr, declarou que a companhia encomendou as aeronaves A350 e 787 para o seu hub em Frankfurt por um claro motivo, a legislação local de restrições de ruído.

Spohr disse que a legislação local restringe os níveis de ruído no Aeroporto de Frankfurt, que fica localizado em uma região urbana. “Acreditamos que Frankfurt atingiu seu limite de crescimento”, disse ele.

A CEO também confirmou que a companhia vai operar algumas aeronaves 787-9 em Munique, Viena (através da Austrian Airlines) e Zurique (através da Swiss).

A Lufthansa já opera com 13 aeronaves A350-900, e tem um compromisso firme para mais 32, incluindo as 20 encomendadas. A companhia também encomendou o 777-9X, fabricado pela Boeing e o maior avião de único andar do mundo.

Enquanto organiza sua frota distribuindo os novos aviões em Munique, Frankfurt e Berlim, a Lufthansa deixará de operar no início da próxima década com 6 aviões A380, sobrando apenas 8 destes na frota, todos serão remanejados para Frankfurt, para rotas de alta demanda.