A319 CJ da Luftwaffe- Foto: Getty Images

A força aérea da Alemanha (Luftwaffe) converteu dois de seus Airbus A319 VIP para serem usados em missões médicas transporte de pacientes em terapia intensiva.

Cada Airbus teve seu interior removido e foi equipado com as instalações para transportar dois pacientes com coronavírus de alta dependência, enquanto os militares alemães se preparam para a guerra contra o COVID-19.

A Luftwaffe divulgou hoje um vídeo mostrando com que rapidez e facilidade conseguiu converter seu jato corporativo Airbus A319 em uma unidade de terapia intensiva voadora.

O Airbus modificado é um CJ que cumpre missões de transporte VIP para curtas e médias distâncias. A aeronave pode transportar até 44 passageiros. Na configuração o avião dispõe de uma suíte privativa, uma área de conferências.

O avião ainda tem uma autonomia estendida, isso porque a força aérea alemã decidiu equipar o A319 com quatro tanques de combustível adicionais, oferecendo um alcance máximo de 7600 km, ou 700 km a mais que o A319 padrão.

A Alemanha há pouco tempo também transferiu pacientes mais graves da Itália para hospitais da Alemanha utilizando um A-400M que também foi modificado para missões aéreo-médicas.

DEIXE UMA RESPOSTA