Malaysia Airlines Airbus A380
Foto - Airbus

Um Airbus A380, de matrícula 9M-MNF, da Malaysia Airlines se deslocou ontem para Manchester, no Reino Unido, a partir de Kuala Lumpur, na Malásia, para prestar apoio aos clientes da Thomas Cook, empresa que anunciou sua falência nesta segunda-feira (23/09).

A aeronave foi alugada temporariamente e faz parte da “Operação Matterhorn”, organizada pelo Governo do Reino Unido.

Nesta segunda a aeronave tem um voo programado entre Manchester e Palma de Mallorca, um tradicional destino turístico na Espanha, no meio do Mar Mediterrâneo.

Continua depois do anúncio

Acompanhe todos os deslocamentos dessa aeronave Clicando Aqui.

De acordo com as autoridades do Reino Unido, essa é a “maior repatriação do país em tempos de paz”. Cerca de 40 aeronaves do governo e companhias estão envolvidas para apoiar o retorno dos ingleses. O número pode chegar a 51 aeronaves.

Continua depois do anúncio

Essa operação é tocada a partir da experiência de outra bem menor, que ocorreu há dois anos, no ato da falência da Monarch Airlines.

Toda a operação ocorrerá de hoje até o dia 06 de outubro, e envolverá a volta de passageiros da Thomas Cook a partir de 18 países. Os passageiros com bilhetes para voos após o dia 06 de outubro vão receber o reembolso integral da passagem.

 

A Malaysia e seus Airbus A380

Continua depois do anúncio

Em 2016 a Malaysia Airlines anunciou que estaria retirando o Airbus A380 da sua frota, como uma maneira de aumentar o lucro operacional da companhia.

Sem encontrar novos donos para as suas aeronaves, entre 2017 e 2018, a companhia decidiu alocar esses aviões em voos de peregrinação no Oriente Médio e Ásia, e parte desses aviões também farão voos comerciais da companhia, visto que o interior será o mesmo.

Já no período de alta temporada, em suas rotas comerciais, a Malaysia poderá usar o A380 em rotas para Tóquio, Seul, Sydney e Melbourne.

Continua depois do anúncio

Uma reforma completa no interior do A380 custa por volta de US$ 30 a 40 milhões, sem contabilizar a manutenção de um aeronave usada e o serviço de pintura. Esse é o preço aproximado de um Airbus A320 com pouco uso.

Todos esses pontos dificultam a adaptação de um A380 de outra companhia em uma nova empresa.

Continua depois do anúncio