CVN 80 USS Enterprise - Foto da Marinha dos EUA

A Marinha concedeu um contrato para a construção do CVN 80 e CVN 81 para a Huntington Ingalls Industries-Newport News Shipbuilding (HII-NNS). 

Este prêmio de contrato oferece uma economia significativa ao governo, superior a US$ 4 bilhões, quando comparado com as estimativas de custos originais da Marinha para obter esses CVNs separadamente.

“Hoje marcamos um grande esforço da equipe para reduzir custos e maximizar a eficiência nas compras governamentais”, disse o secretário da Marinha Richard V. Spencer. 

“Com foco na otimização das atividades de construção e aquisição de material, a equipe conseguiu economias significativas em comparação aos contratos de aquisição individuais. Um contrato para a construção dos dois navios permitirá que a flexibilidade do construtor naval emprega melhor sua força de trabalho qualificada para projetar uma vez e construir duas vezes para reduções de mão de obra sem precedentes, proporcionando estabilidade e oportunidades para mais eficiências dentro da base industrial nuclear, completa o secretário.”

USS CVN 78 Gerald Ford, a primeira embarcação da nova classe FORD, e antecessora dos novos CVN70 e CVN 80.

Além dessas economias, o contrato inclui custos de integração de navios de diversas modificações necessárias para atender às ameaças emergentes, incluindo o sistema de canhão F-35C Lightning II, MK 38 e o Sistema de Aeronaves Não-Tripuladas MQ-25 Stingray. 

Essas modificações aumentam a letalidade da classe FORD e representam uma economia adicional de US$ 100 milhões, além dos US$ 4 bilhões, uma vez que essas novas capacidades não foram incluídas na estimativa original da Marinha CVN. Além disso, essas novas economias associadas a novos recursos aumentam para US$ 200 milhões, se instaladas no navio antes da entrega, em comparação com a instalação após a entrega do navio.

Este contrato de Incentivo a Preço Fixo (Target Firm) (FPIF) limita a responsabilidade da Marinha e incentiva o melhor desempenho do estaleiro. O contrato garante uma linha de base técnica única para ambos os navios, o que permite ao estaleiro reutilizar produtos de engenharia de rolagem, minimizar as mudanças entre os dois navios e alavancar as quantidades de pedidos econômicos para aquisição de equipamentos e materiais. 


ENTERPRISE (CVN 80) é o terceiro navio do FORD-Class e o substituto numérico do USS EISENHOWER (CVN 69). 

O CVN 81, ainda sem nome, será o quarto navio da classe e será o substituto numérico da USS CARL VINSON (CVN 70).

O CVN 80 iniciou o planejamento avançado e a aquisição inicial de material de longo prazo em maio de 2016.