Chamado de MSFU, novo fardamento traz conforto e segurança para militares gestantes. Foto: US Navy/Divulgação.

A Marinha dos EUA está disponibilizando macacões de voo especiais para suas militares grávidas. Os uniformes foram desenvolvidos pelo Aircrew Systems Program Office (PMA-202) junto de um alfaiate da Marinha em resposta à uma necessidade interna urgente. 

No momento os macacões estão em fase de protótipo e devem ser encomendados pelas militares que desejam. Antes do novo uniforme, tripulantes grávidas tinham que usar macacões de tamanho maior ou o fardamento cáqui de maternidade.

No entanto, o uso de um macacão de voo maior afeta a segurança por conta das sobras de tamanho das mangas e bainhas maiores. A Marinha também destaca que macacões de voo cada vez maiores sem alfaiataria tem o potencial de apresentar uma aparência menos profissional.

Chamados de Uniformes de Voo de Maternidade (MFSU), os macacões começaram a ser oferecidos às militares com quatro meses de antecedência. O escritório do programa iniciou alterações nos trajes de voo padrão costurando painéis expansíveis que fornecem espaço extra na área do abdômen.

O objetivo final é fazer com que cada traje de voo seja feito sob medida, mediante solicitação. O escritório do programa está desenvolvendo uma série de tamanhos que podem ser fornecidos, o qual o escritório do programa trabalhou em conjunto com a redação dos procedimentos de pedido e da mensagem naval do Aircrew Systems Advisory (ASA). Se o escritório do programa receber uma solicitação de um tamanho que não está em estoque, o alfaiate pode mudar para trabalhar naquele tamanho específico em tempo real.

“Estamos orgulhosos de dizer que os MFSU de protótipo já estão disponíveis”, disse Scott Adley, líder da equipe de Suporte de Frota. “Mesmo sendo pedidos sob encomenda, somos capazes de atender pedidos em aproximadamente três dias. Liberamos os procedimentos ASA para pedidos para a Frota, e uma vez que as medições iniciais são feitas no comando, o chit de solicitação é revisado e, em seguida, um traje de voo personalizado é feito e enviado o comando.”

Os novos MFSU são ajustados de acordo com a altura da tripulante, evitando mangas enroladas ou trajes de voo com modificados, associados ao uso de macacões de voo convencionais maiores.

Cada MFSU tem painéis laterais ajustáveis ​​feitos do mesmo material que o resto da roupa de voo com ajustadores de gancho, para fornecer não apenas mais conforto, mas também melhorar a segurança e permitir que a tripulação feminina tenha um ajuste personalizável.

Um único traje de voo ajustável pode se expandir por vários trimestres dependendo de cada gravidez, poupando à tripulação grávida as despesas adicionais associadas à compra de vários trajes de voo, bem como à alfaiataria de tamanhos maiores comprados historicamente para acomodar as mudanças corporais que ocorrem ao longo da gestação.

“A equipe de apoio ao desenvolvimento e distribuição do MFSU merece todo o crédito por poder trabalhar a elaboração e coordenação dos procedimentos de pedido e distribuição paralelamente ao desenho do uniforme. Eles continuam a fornecer suporte superior ao combatente todos os dias”, disse o capitão Tom Heck, gerente do programa PMA-202.

Via NAVAIR.