COMAC ARJ21 entregas 6 anos
Foto: COMAC

Na última terça-feira, a fabricante chinesa COMAC realizou a entrega de mais duas aeronaves do modelo ARJ21 para a China Southern e a Chengdu Airlines, a data foi especial não só pela 68 ª entrega do modelo, mas também pelo 6º ano de produção do jato regional. 

Em 28 de junho de 2016, a COMAC inaugurou o ARJ21 com uma entrega tripla para as companhias estatais Air China, China Eastern e a China Southern, se tornando um importante marco para a indústria aeroespacial do país asiático. 

Além disso, o uso de aeronaves de fabricação nativa fez a China repensar no uso de aeronaves ocidentais, principalmente da Boeing, pois o país recentemente enfrentou disputas diplomáticas com os norte-americanos. 

Com quase 70 aeronaves regionais produzidas, a COMAC está mirando a presença do ARJ21 em outros países, tendo a TransNusa da Indonésia como o primeiro operador internacional, significando um importante marco para o fabricante. 

Atualmente, o ARJ21 opera pelas companhias: Air China, China Eastern, Chengdu Airlines, China Eastern, China Southern, China Express, Genghis Khan Airlines e CFGAC. 

Perto de realizar a primeira entrega do Comac 919 para rivalizar com o Airbus A320neo e o Boeing 737, é bastante provável que a China avance na venda de aeronaves para países aliados, principalmente aqueles que contam com sanções internacionais e estão impedidos de negociar com empresas do Ocidente.

ARJ21 COMAC China Southern
Foto: COMAC

O ARJ21 é o primeiro jato criado, desenvolvido e projetado de forma independente na China. Cada um desses pequenos aviões tem capacidade para 90 passageiros, e representa a tentativa da China de entrar no mercado regional de aviação. O ARJ-21 é equipado com motores CF-34, os mesmos utilizados em aviões como o Bombardier CRJ e o Embraer E-Jet E1.

Com informações: Simple Flying