Gloster Meteor F-8 exposto na entrada da Ala 3, Base Aérea de Canoas.

A cidade de Canoas, localizada na região metropolitana de Porto Alegre, foi oficialmente reconhecida como “Cidade do Avião” pelo governo estadual do Rio Grande do Sul. O projeto de lei foi aprovado no dia 15 de junho e foi sancionado na quinta-feira (08) pelo Governador Eduardo Leite. 

Em 1937, quando ainda fazia parte do município de Gravataí, foi instalado um campo de aviação do Exército em Canoas. Hoje, a cidade abriga o Comando Aéreo Sul (V COMAR) e a Ala 3, Base Aérea de Canoas, uma unidade da Força Aérea Brasileira que abriga três esquadrões com aeronaves: 5º Esquadrão de Transporte Aéreo, o Pégaso, que opera os aviões C-95 Bandeirante, C-97 Brasília e C-98 Caravan; o 2º Esquadrão do 7º Grupo de Aviação, o Phoenix, unidade de patrulha marítima, com o P-95 Bandeirulha; e o 1º/14º GAv, o Esquadrão Pampa, que opera com os caças F-5EM/FM Tiger II. 

F-5EM do Esquadrão Pampa na Expoaer 2019.

Todos os anos, no dia 12 de Outubro, a base realiza a tradicional Expoaer, evento que ocorre há 34 anos, onde os portões são abertos para que os visitantes possam conhcer as instalações e aeronaves da FAB. Na última edição em 2019, cerca de 10 mil pessoas estiveram na base. 

Visitantes observam um helicóptero H-60L Black Hawk durante a Expoaer 2019.

A cidade também têm quatro aeronaves em exposição, sendo dois AT-26 Xavante e dois Gloster Meteor. Dentro da Ala 3 ainda existem outros três aviões: um TF-33, um C-95 e um F-5E. 

O Projeto de Lei foi criado pelo deputado estadual Tenente-Coronel Zucco, tendo como base o projeto da Aviãoteca. Apresentado em fevereiro de 2021 pela Secretaria Municipal de Cultura de Canoas, o projeto da Aviãoteca visa a construção de um complexo cultural, cuja principal atração será uma biblioteca instalada dentro de uma aeronave de grande porte no Parque Eduardo Gomes.

“Um grande reconhecimento a história de Canoas e a importância que a aviação tem para a nossa cidade. Parabéns, Canoas! Parabéns ao deputado tenente-coronel Zucco, que é o autor dessa proposta que foi tornada Lei pelo nosso Governador, Eduardo Leite”, salientou o prefeito de Canoas, Jairo Jorge.

O secretário municipal da Cultura, Pinheiro Neto comemorou a aprovação da Lei. “Agradeço ao tenente-coronel Zucco, deputado estadual, que usou o complexo Aviãoteca para embasar a justificativa do projeto que reconhece Canoas como a Cidade do Avião e também ao Governador Eduardo Leite pela sanção. É um presente histórico para Canoas.”

Segundo a Prefeitura de Canoas, o espaço da Aviãoteca também contará com simulador de voo, mini museu da aviação, cafeteria, ecobikes, galeria de artes e espaços demarcados que apresentam, de forma lúdica, os principais pontos turísticos dos seis continentes do planeta terra: América, Europa, Ásia, África, Oceania e Antártida. 

DEIXE UMA RESPOSTA