A NASA (Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço) anunciou nesta quarta-feira (13/02) que o Rover Opportunity está oficialmente desativado, após várias tentativas de contato com o veículo que foi duramente afetado por uma tempestade de areia que ocorreu em 2018, em Marte.

O Rover Opportunity foi responsável por significativas descobertas em Marte, inclusive da presença de água no planeta. Originalmente projetado para durar apenas 90 dias, ele funcionou por 15 anos em Marte.

No dia 20 de setembro o satélite Mars Reconnaissance Orbiter conseguiu fotografar a posição que está o Opportunity, sabendo a última posição a Nasa tentou reativar o Rover, mas provavelmente o estado de hibernação foi iniciado com pouca bateria, e isso impossibilitou que o Opportunity, cheio de areia em seus painéis, se reativasse novamente.

O lançamento do Rover ocorreu no dia 07 de julho de 2003, e o pouso em Marte ocorreu em 25 de janeiro do ano seguinte. 

Além de descobrir a presença de água no subsolo, o rover também colaborou na descoberta da composição do solo de Marte, como a presença de ferro e outros tipos de metais. A descoberta de água no solo foi através da descoberta de hematita em uma cratera do planeta.

Mais de 215000 imagens foram enviadas pelo veículo marciano, e mais de 45 km foram percorridos durante várias missões para coletas de dados em Marte.

Em 2005, o Opportunity perdeu a direção de uma de suas rodas dianteiras, um aquecedor com defeito ameaçou limitar severamente a potência disponível do rover e uma tempestade de areia quase deixou o rover inoperante. Dois anos depois, uma tempestade de poeira de dois meses colocou novamente em perigo a sonda, mas ela suportou. Em 2015, uma memória flash de 256 megabytes deixou de funcionar, e em 2017, perdeu o controle de direção de outra roda dianteira.

O Rover Curiosity continua em atividade, mesmo após a tempestade de areia.

 

A Nasa publicou um vídeo especial sobre a missão do Opportunity, confira: