AC-130J USAF
AC-130J Ghostrider. Foto: USAF.

A fabricante norte-americana Northrop Grumman anunciou na última terça-feira (01) que entregou sistemas de contramedidas de radiofrequência (RFCM) ALQ-251 ao Comando de Operações Especiais dos EUA.

Os instrumentos serão integrados às aeronaves MC-130J Commando II e AC-130J Ghostrider, ambos da Forças Aérea dos EUA. A integração será realizada pela Sierra Nevada Corporation sob as diretrizes do Programa RFCM. 

Segundo a fabricante, o ALQ-251 fornecerá consciência situacional superior e proteção contra sistemas de guerra eletrônica e armas guiadas por radar em ambientes de espectro eletromagnético contestados e congestionados.

MH-60 MC-130 USAF REVO
MC-130J Commando II reabastecendo um MH-60 Black Hawk do Exército dos EUA. Foto: USAF

A companhia também observa que os operadores dessas grandes aeronaves se beneficiarão da capacidade de manobrar com segurança em ambientes de espectro altamente contestados.

O ALQ-251 será operado através da nova suíte de guerra eletrônica, que fornece detecção de ameaças, geolocalização de precisão e recursos de contramedidas ativas, fornecendo aos operadores das forças de operações especiais (SOF) informações precisas e oportunas de consciência situacional, melhorando a capacidade de sobrevivência da aeronave.