A Norwegian Air quer expandir ainda mais a sua atuação na América Latina, mesmo encontrando dificuldades no mercado argentino.

Enquanto busca soluções para a Argentina, e até ameaça a sair do país até agosto deste ano, a Norwegian solicitou recentemente um pedido de operação de voos no Chile, com a DGAC.

Por enquanto o interesse da companhia no Chile é em voos de longa distância, para a Europa e os Estados Unidos, em destinos como Madrid e Miami, a partir de Santiago.

Não é possível saber se a companhia deseja operar voos de longa distância com escala no Brasil, assim como a LATAM Chile faz utilizando Guarulhos para alguns voos.

No entanto, a companhia pode operar futuramente voos na América do Sul, a partir de Santiago, com aeronaves 737-800, do mesmo modelo que as utilizadas na matriz europeia e na Norwegian Air Argentina.

A companhia e a ANAC brasileira evitam divulgar um suposto interesse da companhia em operar voos domésticos no Brasil, por enquanto não há nada concreto sobre esse assunto.