Nova pintura? Embraer revela outro esquema de cores da série “Profit Hunter”

Embraer Tech Shark E190-E2
Foto: Embraer/Divulgação

A Embraer revelou em um curto vídeo, nesta segunda-feira (06/09), uma outra livery para a série “Profit Hunter” de esquemas especiais para o E-Jet de Segunda Geração, que a fabricante brasileira utiliza para a divulgação do avião.

Depois do Tech Lion, a Embraer apresentou agora o Tech Shark, com predominância das cores Branca e Azul, com uma “boca” de tubarão no nariz da aeronave. A aeronave do livery no vídeo é um E190-E2.

Confira no vídeo abaixo:

A Embraer, no entanto, não esclareceu se planeja equipar algum avião de testes com essa pintura. Quando a fabricante divulgou a “Tech Lion”, um E195-E2 foi preparado para ser exibido no Paris Air Show 2019.

Considerando que o E175-E2 ainda está em processo de certificação, a Embraer pode equipar essa aeronave com a pintura especial, principalmente para divulgar a sua aeronave que não tem concorrentes.

 

Vamos conferir outras pinturas “Profit Hunter” que a Embraer equipou seus aviões nos últimos anos:

 

Águia

Esta foi a primeira pintura especial apresentada pela Embraer para o E-Jet de Segunda Geração.

Inspirada em uma águia, com a mesma no nariz da aeronave, a fabricante brasileira utilizou para divulgar o seu novo avião E195-E2 no Paris Air Show 2017. 

A pintura existe até os dias atuais na mesma aeronave (PR-ZIJ), que foi fotografada realizando testes na última semana em São José dos Campos, como podemos ver nas imagens acima.

 

Tigre

Logo depois a Embraer apresentou a pintura “Tigre”, para a participação do E190-E2 no Singapore Airshow 2018, que aconteceu entre os dias 6 a 12 de fevereiro. 

Seguindo ainda as linhas do Quintana Clodoaldo, o avião (PR-ZFU) contava com um tigre estampado no nariz da aeronave, em uma pintura totalmente realizada “à mão”, sem o uso de adesivos como é tão comum para sticks e pinturas especiais.

A aeronave está desde 2018 sem operar voos, e sem demonstrar sua a exótica pintura.

 

Shark

Embraer
Foto – Aeroflap

Para levar o seu E190-E2 para expor no Farnborough Air Show 2018, um tradicional evento de aviação na Europa que acontece a cada dois anos e divide espaço com o Paris Air Show, a Embraer preparou o “Shark”

No nariz do avião podemos observar a pintura da face de um Tubarão, o que rendeu o apelido de “Shark” para a aeronave (PR-ZGQ)

Na época a Embraer disse que “o tubarão compartilha muitos elementos-chave com nossas aeronaves. Ambas possuem projetos altamente eficientes, evoluídos e simplificados, além de sofisticados sistemas sensoriais e de navegação. Ambos podem percorrer longas distâncias e são ideais para se adaptar a novos ambientes”.

O Shark continua voando, e dividindo espaço com outros aviões de testes produzidos pela Embraer.

 

Tech Lion

O Tech Lion surgiu em 2019 e muitos consideram até os dias atuais a pintura mais bonita já produzida pela Embraer, principalmente pelos tons preto de marrons da fuselagem, mesclando também com o dourado em uma combinação única e muito criativa.

Embarcamos nesse avião com um voo executivo em outubro de 2019 no Aeroporto de Congonhas. Poucas pessoas estavam no voo, e uma equipe de quatro tripulantes foi convocada para as operações nesse dia, além de técnicos da Embraer que acompanham a aeronave.

Como essa é uma aeronave de testes (experimental), devemos considerar que nem todos os sistemas são os mesmos, ou comuns aos aviões de série que a Embraer fabrica.

No interior encontramos algo muito curioso, a aeronave demonstra três tipos de assentos diferentes, sendo dois deles em configuração de Classe Econômica, e a primeira parte do avião demonstrando uma Classe Executiva para voos regionais, algo bastante presente em aeronaves que voam nos EUA e na Europa.

Como foi dito antes nesta matéria, é importante a Embraer demonstrar todas as formas de uso na mesma aeronave, e esse avião atende desde os clientes Low Costs, que querem um baixo custo operacional, até aqueles que buscam um uso em aviação regional.

Na imagem acima temos uma comparação entre dois assentos “padrão” do E195-E2 para a Classe Econômica.

O primeiro equipa os aviões da Azul Linhas Aéreas, que recentemente recebeu na sua frota a primeira aeronave deste modelo. Mas o modelo da Azul tem uma adaptação para o Sistema Individual de Entretenimento da Panasonic.

O segundo, da imagem abaixo, equipa a frota da Wideroe, que recebeu o primeiro E190-E2 em abril do ano passado.

A Wideroe foca em custo operacional, tanto que optou por uma configuração “apertada” no E190-E2 da sua frota, e assentos mais básicos como forma de economizar na manutenção e na compra dos assentos.

Também foi possível visualizar um pouco do projeto dos bagageiros superiores. A Embraer colocou malas de demonstração, dentro do limite permitido pelas companhias, para afirmar que cada compartimento consegue receber de 4 a 5 malas, melhorando o conforto para diversos passageiros que em tempos de bagagem cobrada, só viajam com sua mala de mão.

Essa aeronave de testes não conta com sistema de entretenimento individual, visto que a companhia aérea pode optar por cada fornecedor que existe no mercado. Além disso, muitas agora estão equipando seus aviões com wi-fi e tomadas USB, algo que o novo E2 é 100% compatível de fábrica, até mesmo com as maravilhosas tomadas 110V, que conseguem carregar notebooks e um smartphone através do carregador rápido, possibilitando carga total mesmo com uma hora de voo.

Confira essa belíssima pintura no vídeo abaixo:

 

DEIXE UMA RESPOSTA