Futuro bombardeiro estratégico dos EUA B-21 RAIDER USAF
Foto: USAF

Conforme avança o programa do B-21 Raider, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) planeja ter primeiro voo do avião em meados de 2023. O novo bombardeiro está na fase avançada no seu programa e nos últimos meses a Northrop Grumman vem realizando testes de solo com a aeronave.

Com isso, a USAF aguarda para os próximos anos o recebimento de um primeiro lote com cinco aeronaves B-21. Uma sexta unidade já está em produção na linha da Northrop em Palmdale, Califórnia.

O B-21 Raider está sendo desenvolvido para substituir o bombardeiro supersônico B-1B Lancer. Ao mesmo tempo, a aeronave deverá complementar – e futuramente também substituir – o B-2 Spirit, atualmente o único bombardeiro furtivo em operação nos EUA, também fabricado pela Nortrhop.

Acredita-se que o Raider também terá capacidade de atuar em conjunto com enxames de drones, assim como a possibilidade de uma variante não tripulada.

Antes de entrar em serviço, o B-21 passará por testes junto à USAF. As avaliações serão realizadas pelo 420º Esquadrão de Teste de Voo, baseado na Base Aérea de Edwards, na Califórnia.

Com informações: Aviation Week