Boieng/SAAB TX- Foto/Divulgação-Boeing

O novo avião treinador da USAF, o T-X poderá cumprir outras funções além do treino de novos pilotos da USAF. Segundo o chefe do Comando de Combate Aéreo da USAF, o jato treinador, pode fazer missões agressivas ou de ataque leve.

O objetivo central do jato treinador da Boeing-SAAB é treinar os novatos pilotos da USAF, e substituir a frota T-38, com mais de 50 anos de serviço cumprindo as missões de treinamento na escola da USAF.

“Você poderia imaginar uma versão da fuselagem que pudesse ser equipada como um caça leve. Você pode imaginar uma versão equipada como uma plataforma adversária de treinamento aéreo”, disse ele a repórteres durante uma mesa-redonda.

Boeing/SAAB T-X. Foto – Divulgação/Boeing

Mas ainda nada foi confirmado então parece ser apenas uma ideia. Vale ressaltar que a USAF já tem estudos de adquirir uma nova aeronave de ataque leve, que fazem parte do programa OA-X que tem como aeronaves concorrentes o A-29 Super Tucano e o AT-6 Wolverine.

O jato T-X proporciona ao novo piloto uma experiência completa de um caça, é trabalhada a percepção da velocidade e manobrabilidade de um aeronave a reação. Tanto que quando acabam o treino, os pilotos já vão para caças que são a espinha dorsal da USAF, como F-16,F-15, F-22 e F-35.