Novo projeto quer colocar beliches na Classe Econômica dos aviões

As companhias trabalham arduamente em uma grande indefinição com seus aviões: Como melhorar o aproveitamento do espaço interno da aeronave e manter o conforto dos passageiros?

Mas a Universidade de Tecnologia de Delft foi selecionada recentemente para o Crystal Cabin Awards, por seu conceito cama na Classe Econômica.

Os designers criaram uma cama de classe econômica que parece ter um comprimento generoso. Todas podem ser convertidas em assentos normais, porém inteiriços, para os procedimentos de pouso e decolagem.

A maneira como funciona é permitindo que a cama do meio deslize até o topo, enquanto a cama de baixo se dobra ao meio para proporcionar assentos aos passageiros. Dessa forma, todos os três passageiros podem desfrutar do conforto durante a parte do voo.

Apesar de sua aparência, todas as camas serão projetadas para proporcionar uma sensação de espaço e para serem muito confortáveis ​​para o usuário. No interior, haverá telas de informação e entretenimento, pontos de carregamento para eletrônicos, uma mesa de bandejas e um encosto reclinável.
 

Originalmente projetado para o conceito de aeronave Flying V, a Delft teve a ideia desses assentos durante o desenvolvimento de outras tecnologias e revelou sua inovação durante o evento de aniversário de 100 anos da KLM.

 

DEIXE UMA RESPOSTA