Xian Y-20. Foto: China Military Online

Em 26 de janeiro de 2013, o cargueiro estratégico chinês Xian Y-20 fazia seu primeiro voo, semanas depois da sua existência ser confirmada pela China. Agora, o país asiático poderá empregar a aeronave em papéis de reabastecedor e até mesmo alerta aéreo antecipado. 

Batizado como Kunpeng, em homenagem a um grande pássaro da mitologia chinesa, o avião está em serviço com a Força Aérea do Exército de Liberação Popular (PLAAF) desde 2016, com pelo menos 15 aeronaves em serviço até agora.

Militares desembarcam de um Xian Y-20. Foto: China Military Online.

Os Y-20 foram empregados em exercícios de lançamento de paraquedistas e no transporte de suprimentos para Wuhan, local de surgimento do Novo Coronavírus. Em seu país de origem, o Y-20 faz constantes aparições em shows aéreos e publicações do governo. 

Agora, com a plataforma estando mais amadurecida, a China está desenvolvendo o Y-20U, a variante de reabastecimento em voo (REVO) da aeronave. Como na grande maioria das vezes, o governo não deu detalhes sobre a nova versão, mas fotos do protótipo já circulam nas redes sociais. 

Protótipo do Y-20U flagrado em voo. A aeronave apresenta sponsons (carenagens dos trens de pouso) maiores e mais quadrados, pods de reabastecimento nas asas e um ponto de reabastecimento na linha central da fuselagem. Foto: @WuMingShi912 via Weibo.

Atualmente a PLAAF emprega aeronaves Xian H-6U e Il-78 em sua frota de reabastecedores. O H-6U é a variante de REVO do bombardeiro H-6, que por si é a versão chinesa do bombardeiro soviético Tupolev Tu-16 Badger. 

Já o Il-78 é a versão de reabastecimento do Il-76. A China adquiriu três unidades da Ucrânia. O Y-20 deverá substituir os Il-76, enquanto o Y-20U será o substituto dos Il-78 e H-6U.

Entretanto, o Y-20 ainda conta com uma fraqueza: os motores Soloviev D-30KP, os mesmos usados no Il-76. Os motores já são bastante antigos, desenvolvidos originalmente na década de 50, mas atualizados com novas versões ao longo dos anos.


A China já está providenciando uma solução através dos turbofans WS-20. Em concepções artísticas, inclusive com a versão Y-20U, o cargueiro já é mostrado com os novos motores que estão sendo desenvolvidos com base no WS-10, usado em aeronaves de caça como o J-10 e J-20. 

No Airshow China em 2016, a Avic tinha um modelo de uma possível variante comercial do Y-20, o Y20F-100, que estaria em estágio de pesquisa preliminar. Os motores eram claramente maiores do que no Y-20A então em serviço, mas a Avic se recusou a comentar sobre e não promoveu a versão comercial da aeronave na feira de 2018.

Modelo do Y20F-100. Foto: Greg Waldron/FlightGlobal

Alguns rumores indicam que a China estaria desenvolvendo uma versão de Alerta Aéreo Antecipado e Controle (AEW&C) do Y-20, designado YJ-3000. Acredita-se que essa aeronave poderá substituir o YJ-2000, baseado no Il-76. Todavia, nenhuma imagem do KJ-3000 foi capturada ainda, ao contrário da versão de REVO. 

Via Flightglobal