Caças F-16 Fighting Falcon da Força Aérea do Paquistão

A Força Aérea do Paquistão divulgou nesta semana, que seus pilotos de caças F-16 Fighting Falcon dispararam mísseis contra aeronaves militares da Índia, incluindo caças como SU-30MKI e MiG-21 Bison.

Ainda de acordo com o Paquistão, os mísseis disparados pelos pilotos paquistaneses foram os mísseis ar-ar de fabricação norte-americana AMRAAMs (AIM-120 advanced medium-range air-to-air missile), que têm um alcance de 40 a 50 km, o que já configura um combate BVR (além do alcance visual).

Por outro lado, a Índia negou a informação que no último dia 27 um SU-30 foi abatido pela Força Aérea do Paquistão, como foi dito por autoridades do Paquistão.

“A falsa alegação do Paquistão de abater um Su-30 parece ser um encobrimento sobre um acidente com sua própria aeronave (F-16)”, disse um comunicado da Força Aérea Indiana (IAF). 

“Todas as aeronaves Su-30 envolvidas em combate pousaram de volta em segurança”, disse a Força Aérea do Paquistão.