Foto - Infraero

A Infraero retirou o Notam de fechamento da pista principal do aeroporto Santos Dumont, entre os dias 12 de agosto e 11 de setembro deste ano. 

De acordo com a Infraero, o aeroporto deveria ter suas operações praticamente suspensas, mesmo com a pista auxiliar em condições de uso, visto que a ANAC publicou uma anuência, de numeração nº 314/2019/GTEM/GCOP/SIA, proibindo a operação de aviões com motor à reação (turbo-jato) na pista auxiliar do aeroporto Santos Dumont (RJ).

A Infraero disse que essa determinação da ANAC causa um impacto em 770 mil passageiros, combinada com a obra na pista principal, resultando no cancelamento de diversos voos.

Assim, as obras na pista principal serão postergadas até que as adequações exigidas pela Anac sejam finalizadas na pista auxiliar. Isso permitirá operações na pista auxiliar para aeronaves tipo 3C (ex: Boeing 737-700, Airbus A318 e Embraer E-190), conforme homologação hoje vigente.

A Infraero não tem um novo prazo para iniciar obras na pista principal, visto que antes precisará fazer reformas na auxiliar.