Aviationtag Chaveiro A330 Virgin Atlantic
Foto: Aviationtag

Um Airbus A330-200 ex-Virgin Atlantic recém-sucateado terá uma ‘sobrevida’ nas mãos da Aviationtag que pega partes de fuselagens do avião para transformar em uma espécie de chaveiro especial para os fãs e entusiastas que pretendem ter parte de avião que cabe no bolso. 

Com a Virgin Atlantic sendo a última operadora, o G-VMNK estreou as suas operações em 2001 pela alemã LTU International Airways (D-ALPA), sendo repassada para a extinta Air Berlin em 2009, quando em 2018, passou a fazer parte da britânica Virgin Atlantic. 

Veja um resumo do processo da confecção dos chaveiros: 

Aviationtag Chaveiro Airbus A330-200
Foto: Aviationtag

Afetados diretamente pela pandemia do coronavírus, a frota da Virgin com 4 unidades do Airbus A330-200 foram substituídos pela maior variante, o Airbus A330-300, modelo que também em breve será substituído pelos modernos A350-900. 

A indústria da aviação como um todo nos últimos encontrou novos caminhos para se reinventar, principalmente após o fim da vida útil de diversas aeronaves que ganharam uma segunda chance ao fazer partes de empreendimentos, ou, no ‘pior’ das hipóteses, partes sucateadas estão sendo recicladas como itens de decoração. 

Em atividade desde 2015, a Aviationtag é especializada na criação de tags em forma de chaveiros para relembrar os momentos especiais das mais variadas aeronaves, que vai desde o icônico 747-400 ao veterano Beechcraft 18 C45H. 

Foto: Aviationtag

Para os interessados em adquirir uma lembrança real em forma de chaveiro,é possível encontrar chaveiros a partir de 19,95€, enquanto o chaveiro mais caro é de um lendário DC-3 que está custando 49,95 €, você pode conferir os chaveiros disponíveis para venda clicando aqui