Pilotos de caça F-18 Super Hornet da RAAF ejetam após aeronave sair da pista

Caça F/A-18 Super Hornet acidentado- Foto: 9News.com

Um caça F/A-18F Super Hornet da RAAF (Real Força Aérea Australiana), saiu da pista durante a decolagem o que forçou os pilotos a ejetarem da aeronave. O caça estava decolando com outros setes Super Hornets a partir da base aérea de Amberely, Queensland, Austrália, nesta terça feira (08/12).

Os pilotos não tiveram ferimentos e passam bem. O Super Hornet foi avariado na engrenagem de nariz.

 

A RAAF opera os jatos F / A-18F Super Hornet e EA-18G Growler. 24 Super Hornets são atribuídos ao esquadrão nº 1 que recebeu a nova aeronave entre março de 2010 e dezembro de 2010, quando a unidade declarou IOC (Capacidade Operacional Inicial) 

Além disso, a força aérea também adquiriu 12 Growlers EA-18G. A produção da primeira variante RAAF Electronic Attack do Super Hornet começou em 2015 e a primeira aeronave foi entregue em 2017 para o 6 Squadron.

Além da frota dos Super Hornets, a RAAF também opera o seu mais novo vetor de combate, o furtivo F-35A da Lockheed Martin.

DEIXE UMA RESPOSTA