Destroços do Yak-130 belarusso. Foto: Anatoly Mamshitov/TASS.

A queda de um jato de ataque e treinamento Yakovlev Yak-130 da Força Aérea de Belarus deixou dois pilotos mortos na manhã desta quarta-feira, 19.

De acordo com o Ministério da Defesa Belarusso, os tripulantes perceberam “uma avaria técnica” durante um voo de treinamento. Depois de tirar o avião da trajetória de prédios residenciais, o Major Andrey Nichiporchik, 33 anos, e o Tenente Nikita Kukonenko, 22, ejetaram, mas faleceram no local. O avião caiu perto de Baranovichi, na região oeste de Brest. As causas do acidente estão sendo investigadas. 

Major Andrey Nichiporchik. Foto: MD Belarus.

O Major Andrey era comandante de esquadrilha no Esquadrão de Treinamento de Combate da 116ª Base Aérea de Assalto. Militar experiente, já havia voado Yak-52, L-39 e Su-25, tornando-se instrutor de Yak-130 em 2016. Já o Tenente Nikita nasceu em 18 de setembro de 1998 em Polotsk e se formou no Corpo Docente de Aviação da Academia Militar de Belarus no ano passado. 

Tenente Nikita Kukonenko. Foto: MD Belarus.
Yakovlev Yak-130 de Belarus. Foto: Dmitriy Pichigin/airforce.ru via Belarus Defence Blog.

Desenvolvido  em parceria com a Itália pela fabricante russa Yakovlev na década de 1990, o Yak-130 é um pequeno jato de treinamento de ataque leve, designado Mitten pela OTAN. A aeronave pode carregar até três toneladas de armamentos e, além de Belarus, está em serviço na Rússia, Argélia, Vietnã, Myanmar, Laos e Bangladesh.

https://twitter.com/RSS_40/status/1394982943244931073

https://twitter.com/momchil_ivanov1/status/1394962665894817792